BLOG | CERRADO

Agricultura inteligente: quais são seus benefícios no campo?

agricultura inteligente

Com o avanço da tecnologia e as mudanças que têm ocorrido no mundo, as práticas agrícolas precisam avançar para continuar atendendo as demandas globais. Isso diz respeito também aos tratos empregados nas fazendas, como a aplicação da agricultura inteligente, que tem contribuído para uma maior eficiência agrícola. Venha descobrir os seus benefícios!

 

As mudanças que têm ocorrido no mundo refletem diretamente na forma com que os alimentos são produzidos, abrindo caminho para novos desafios e oportunidades. Quer ver como funciona na prática?

 

A preocupação com o meio ambiente e a forma como a produção de alimentos afeta a fauna e flora abriu oportunidades para sistemas de plantio mais sustentáveis, além de máquinas que utilizam biocombustíveis, entre outras inovações.

 

Esse é apenas um dos exemplos, mas não se pode esquecer que o clima, a demanda por alimentos, a competitividade do mercado e as lógicas de produção e comercialização afetam o que está para dentro da porteira. Por isso, a tecnologia tem sido a resposta para os desafios da agricultura na atualidade.

 

Você já reparou em como as soluções tecnológicas têm sido integradas para aumentar a produtividade, a precisão das operações, facilitar a produção de dados e a tomada de decisão nas fazendas? Tudo isso está relacionado com a agricultura inteligente.

 

Mas você já ouviu este termo ou sabe como a agricultura inteligente pode ser benéfica para os negócios rurais?

 

Neste artigo, você entenderá sobre a agricultura inteligente e do que ela é composta, quais os ganhos para a eficiência agrícola e como ela vem sendo empregada no campo, com indicação de tecnologias que fazem a diferença no processo produtivo.

 

Afinal, o que é a agricultura inteligente?

 

Se você já acompanha o blog da Cerrado, sabe bem como a produção de dados da lavoura é importante para entender o real cenário da lavoura. Aliada a isso, a tecnologia contribui para a eficiência operacional e aumento da produtividade.

 

A partir dessa combinação, surge o termo agricultura inteligente, que engloba diferentes tecnologias dentro das propriedades rurais.

 

Dessa forma, a coleta, processamento e análise de dados são voltados para o maior ganho em potencial produtivo, utilização de recursos e insumos, redução de desperdícios e alcance de uma produção de qualidade e mais sustentável.

 

Tornar a agricultura mais tecnificada não é um movimento atual, na verdade, isso já tem ocorrido há alguns anos, mudando a forma com que os produtores rurais produzem alimentos. Esse movimento é chamado de agricultura 5.0. A agricultura inteligente faz parte dessa fase.

 

E o que seria esse movimento na prática? É justamente a combinação de tecnologias diferentes que integram a produção agrícola, com aplicações bem variadas. Muito provavelmente você conhece algumas destas aplicações.

 

Um grande diferencial da agricultura 5.0 é a coleta de grande volume de dados, seja do solo, plantio, clima, colheita, máquinas agrícolas e outros que sejam importantes para o negócio rural.

 

Por que investir na agricultura inteligente na sua propriedade rural?

 

No tópico anterior, foi possível compreender a importância da aplicação da agricultura inteligente para a geração de dados precisos da fazenda. Mas você deve estar se perguntando: como essas informações ajudam na rotina de produção?

 

Afinal, não basta ter um grande volume de dados se eles não servem de nada, não é mesmo? Por isso, é importante entender os benefícios do investimento na agricultura digital e como ela pode contribuir para o processo produtivo:

  • Aprimora a produção a partir de análises

Não há como aprimorar o processo produtivo se você ainda não identificou no que está errando ou quais índices baixos podem ser melhorados. Esse pode ser o motivo da falta de confiança ao adotar determinada estratégia, ou do sentimento de que as ações não foram eficazes.

 

É por isso que gerar dados dentro da fazenda é extremamente necessário para o aprimoramento da produção. Afinal, com essas informações é que se tem confiança para tomar decisões.

 

Melhor ainda, conhecendo a produção a fundo, o produtor rural consegue ter uma tomada de decisão mais efetiva e rápida, sem ficar em um impasse se as ações vão funcionar ou não.

  • Contribui para a redução de custos da produção

Insumos agrícolas, água e energia, são alguns dos recursos mais importantes para o desenvolvimento saudável do cultivo. Contudo, eles também ocupam uma parcela relevante dos custos de produção agrícola.

 

Um exemplo disso é a aplicação de defensivos agrícolas. Em algumas lavouras é necessário fazer mais de uma aplicação por safra. Já imaginou se ainda ocorrem desperdícios nessas operações? Isso tudo representa gastos para o produtor rural.

 

O pior de tudo, é um gasto sem retorno algum. Por isso, com a produção de dados da agricultura inteligente é possível identificar não apenas a ocorrência de desperdícios, mas também traçar planos para evitá-los.

 

Pela agricultura inteligente também é possível ser mais assertivo na aplicação, fornecendo insumos de acordo com o que a cultura necessita a partir de dados ultra localizados.

  • Produção com qualidade e sustentabilidade

Muito mais que produzir em larga escala, por meio da agricultura inteligente é possível ter a segurança de que tudo que é produzido dentro da fazenda é feito a partir de processos muito bem definidos, com rigor e boa execução. Dessa forma, o produto agrícola terá muito mais qualidade.

 

Além disso, a preocupação do consumidor sobre a forma com que os alimentos são produzidos também expressa mudanças para dentro da porteira.

 

Segundo a pesquisa “Retratos da Sociedade: Hábitos Sustentáveis e Consumo Consciente”, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o número de brasileiros preocupados com o impacto ambiental dos alimentos cresceu no último ano. Esse comportamento foi apontado por 50% dos entrevistados.

 

Com isso, a agricultura inteligente também é uma forma de aumentar a qualidade dos produtos agrícolas, bem como tornar todo o processo produtivo mais sustentável.

  • Gerenciamento dos recursos empregados no campo

Ainda sobre produção mais sustentável e com qualidade, um fator importante que entra nessa equação é o gerenciamento dos recursos e insumos. Não é surpresa para ninguém que os recursos são custosos para o produtor.

 

Agora já imaginou utilizar a quantidade ideal de recursos por talhão sem gastar nada mais por isso? Ou melhor, podendo reduzir a quantidade de recursos empregados e mesmo assim obtendo os mesmos resultados? Esse cenário é possível com a agricultura inteligente.

 

Com o emprego de sensores, evita-se o uso excessivo de insumos. Essa tecnologia permite aplicar apenas o necessário para o desenvolvimento da cultura. Dessa forma, otimiza-se a aplicação e também o uso de recursos empregados.

 

Como a agricultura inteligente tem sido empregada no agro?

 

Diante das vantagens do emprego da agricultura inteligente do campo, o produtor rural encontra uma variedade de soluções que chegam para contribuir com a sua produção. As principais apostas são:

  • Automação de máquinas agrícolas

Uma das grandes tendências para o agro, que já tem sido colocada em prática, é a automação de máquinas agrícolas. Essa tecnologia permite o controle das máquinas remotamente, combinando a tecnologia com a técnica do operador.

 

Dessa forma, com os sensores, o uso de GPS e inteligência artificial é possível ter uma operação muito mais precisa e efetiva.

  • Tecnologia embarcada

Você já deve ter notado como as máquinas agrícolas estão cada vez mais tecnológicas, como mencionado no tópico anterior. Isso é fruto de todo um avanço na eletrônica que acompanha esses equipamentos, otimizando suas funções e até mesmo permitindo explorar novas possibilidades com o maquinário.

 

Com isso, o produtor rural consegue controlar o maquinário e receber informações da operação em tempo real, fazer o georreferenciamento, ter informações espaciais, coletar dados da máquina e também da cultura, além da gestão da frota agrícola.

 

Um grande exemplo de sistema tecnológico embarcado em máquinas que gera maior conectividade é o caso da Fazenda Conectada, que utiliza inovações aplicadas em outras áreas para promover maquinários mais conectados.

  • Internet das Coisas (IoT)

Não é de hoje que ferramentas com a aplicação de Internet das Coisas (IoT) surgem no agro. Mas você conhece esse conceito? A IoT nada mais é que um sistema que abarca diferentes dispositivos e que integra essas informações provenientes deles.

 

Dessa forma, o produtor encontra todos os dados que precisa em um só lugar. Além disso, esse sistema facilita a gestão e o monitoramento dos dispositivos. As suas aplicações vão desde os dados climáticos até o monitoramento da cadeia produtiva.

  • Agricultura digital

O agronegócio caminha a passos largos para a digitalização das atividades do campo e os negócios rurais que não se adaptarem às mudanças podem perder competitividade. Essa é a agricultura digital, que transforma a eficiência agrícola e, consequentemente, a produtividade.

 

O ecossistema de inovação AGXTEND engloba várias dessas tecnologias para a agricultura digital, que incluem desde o plantio à colheita, para o produtor ter maiores ganhos com a sua produção e aumentar sua eficiência através da inovação, sustentabilidade e servitização. Uma boa aposta para quem quer investir na agricultura inteligente!

Conclusão

 

A tecnologia é um pilar extremamente necessário para o crescimento do potencial produtivo das fazendas e também uma forma dos próprios produtores conseguirem enfrentar seus maiores desafios, principalmente tornando a agricultura mais inteligente.

 

No texto, você conferiu sobre esse conceito, suas aplicações no campo e também as suas vantagens. Na Cerrado, parceira Case IH e AGXTEND, você encontra essas soluções para te ajudar na produção.

 

FONTES:

Aegro – https://blog.aegro.com.br/

Climate Fieldview – https://blog.climatefieldview.com.br/

CNN – https://www.cnnbrasil.com.br/

Sensix – https://blog.sensix.ag/

Mais Artigos

Qual a previsão para o mercado do milho em 2024?

 As previsões para o mercado do milho desempenham um papel crucial na tomada de decisões dos produtores agrícolas. É preciso estar atento a notícias, informações e estudos para conseguir aproveitar oportunidades e ultrapassar desafios. Mas

Envie sua Mensagem

Cadastre para receber nossos conteúdos

CONTATO

Rodovia de Acesso a BR 354
KM 0,1
CEP: 38840-000
+55 (34) 3851-6000
contato@cerradocase.com.br

Avenida Bartolomeu de Paiva, 821
Bairro: São Benedito
CEP: 38950-000
+55 (34) 3631-3035
contato@cerradocase.com.br

Rodovia 251, 6300
Bairro: Chácara Recanto dos Araças
CEP: 39404-128
+55 (38) 3215-7173
contato@cerradocase.com.br

Rod. Br 262, Km 481,80
CEP: 35600-000
+55 (37) 3522-7575
contato@cerradocase.com.br