BLOG | CERRADO

CULTURA DE FEIJÃO: COMO TER MAIS PRODUTIVIDADE NA PLANTAÇÃO?

O feijão é um dos principais produtos agrícolas do mercado nacional. Contudo, para obter bons ganhos, o produtor rural deve estar atento à  produtividade e qualidade do grão. Saiba mais!

 

O feijão é um produto agrícola rico em nutrientes, como vitaminas, proteínas e minerais, e é largamente consumido no mercado nacional, já que compõe a refeição da maioria dos brasileiros. Além disso, as exportações do grão para o mercado internacional se mostram promissoras e com possibilidades de expansão. 

 

Segundo informações do Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses (Ibrafe), no ano passado as exportações do feijão bateram recorde, com cerca de 165 mil toneladas embarcadas e receita de US$ 111 bilhões, conforme divulgado no Canal Rural. Ainda sim, a Confederação Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) visa ampliar o comércio brasileiro no mercado internacional, implementando a padronização dos pulses, como o feijão brasileiro, que ainda representa apenas 3% de toda produção que é vendida para outros países.

 

Além disso, a oscilação do preço da commodity também pode impactar os lucros obtidos com a safra. Por isso, os produtos rurais precisam estar atentos às práticas do mercado e incorporar na fazenda técnicas para aumentar a produtividade.

 

Neste artigo, vamos falar  sobre o cultivo de feijão, destacando os principais aspectos para melhorar a produção do cultivo e a preparação do solo para receber a plantação. Além disso, vamos trazer uma breve contextualização da produção do grão no Brasil. Vamos lá!

 

A produção de feijão no Brasil

 

Segundo a Agência Embrapa de Informação Tecnológica, o Brasil é o principal produtor de feijão (Phaseolus) do mundo, com produtividade quase o ano todo. A primeira safra, ocorre entre os meses de outubro e novembro, com destaque para a produção  as regiões Sul e Sudeste e Bahia. 

 

Já a segunda safra, ocorre entre os meses de fevereiro e março. Por último, temos a terceira safra, ou safra de inverno, como é comumente conhecida, com produção entre abril e junho. 

 

Apesar de sua produção, a plantação do feijoeiro ainda precisa se desenvolver, e é necessário investimentos em tecnologia e diversidade de espécies. Segundo Marcelo Eduardo Lüders, presidente do Ibrafe, o crescimento da produção é afetado pela carência de novas tecnologias na plantação, conforme divulgado pela Sociedade Nacional de Agricultura.  

 

Dessa forma, para fortalecer o setor e aumentar a produção, o produtor rural precisa se atentar para a aplicação de técnicas mais inovadoras e o emprego de equipamentos tecnológicos no campo, bem como o manejo adequado do solo. Conheça agora os principais métodos para o preparo do solo eficiente e produtivo.

 

Quais as condições ideais do solo para o cultivo de feijão?

 

O manejo do solo é fundamental para o sucesso de qualquer plantação e na cultura de feijão, esse cuidado não poderia ser diferente, já que engloba técnicas específicas que preparam a  terra para receber o cultivo. 

 

O feijão é um produto versátil e de fácil adaptação no solo, mesmo em características mais adversas para o seu desenvolvimento. Porém, o agricultor precisa prestar atenção na drenagem do solo, pois, se feita incorretamente, auxilia no surgimento de fungos, afetando o desenvolvimento do feijoal.

 

Além disso, o solo não deve ser compactado, pois compromete a chegada de nutrientes e água à planta. O feijoeiro é uma é um cultivo que possui um sistema radicular simplificado e, por isso, solos compactados prejudicam o crescimento das plantas

 

Outro ponto de atenção é em relação à fertilidade da terra, que varia em decorrência da espécie plantada, das características da terra e outros fatores. Dessa forma, antes de plantar, faça a análise do solo e empregue medidas para que  a terra esteja saudável e com boa oferta de nutrientes. Para potencializar o plantio de feijão e aumentar a produtividade, separamos abaixo algumas dicas.

 

5 dicas para aumentar a produtividade no plantio de feijão

 

Ao  começar o plantio de feijão, é importante conhecer e aplicar técnicas antes, durante e depois da safra, para calcular o investimento necessário e entender os recursos que serão aplicados na plantação. Além disso, ao fazer uma boa gestão da safra e, consequentemente, da propriedade rural, o produtor consegue visualizar melhor as carências e vantagens do empreendimento para melhorar o desempenho a cada plantação e aumentar a sua produtividade. Abaixo, separamos 7 dicas fundamentais para aplicar no cultivo de feijão:

  • Conheça o ciclo do cultivo

Cada cultivo  possui um ciclo diferenciado e as espécies de feijão seguem o mesmo padrão. Basicamente, o ciclo do feijoeiro varia de 70 a 110 dias, mas esse tempo pode ser alterado de acordo com cada cultivar e com as condições climáticas da região em que o empreendimento está localizado.

 

Por isso, é fundamental combinar o ciclo do plantio, que pode ser superprecoce, precoce, médio e tardio, com o momento ideal para plantar.

  • Saiba o melhor momento para plantar

Além de escolher o cultivar adequado, é necessário também conhecer as características da sua região e saber o melhor momento do plantio para ter sucesso na safra. As condições climáticas são um dos fatores que influenciam  o desenvolvimento da planta e podem impactar no lucro final. 

 

Dessa forma, consulte o calendário agrícola recomendado para cada região do Brasil e empregue tecnologias para o monitoramento do clima, assim, é possível evitar  grandes impactos na produtividade. Para saber mais sobre o calendário, clique aqui.

  • Faça o manejo do solo

Conforme dito anteriormente, um solo saudável e com boa disposição de nutrientes faz todas a diferença na plantação. Por isso, é importante aplicar técnicas de manejo da terra, como a rotação de culturas, que é responsável por deixar o solo ideal para receber a plantação. Além disso, é importante fazer a correção da acidez e saturação de alumínio, como a calagem e gessagem, respectivamente.

 

Para saber mais sobre a rotação de culturas, acesse  aqui

  • Faça o tratamento das sementes

Apesar de a aplicação dos fungicidas trazerem bons resultados, o tratamento das sementes é indispensável para uma plantação mais produtiva. O tratamento consiste em garantir que as plantas não sofram ataques de pragas e doenças. 

 

Uma das técnicas é o controle preventivo de pragas, que emprega os defensivos adequados para afastar essas doenças, é um método eficiente e que utiliza baixas doses de agroquímicos

  • Aplique a densidade populacional adequada

Por último, é essencial pensar na densidade populacional da área plantada. Para que a planta cresça adequadamente, o espaço deve ser ideal, caso contrário, o cultivar começa a “brigar” por espaço e por recursos. De acordo pesquisas realizadas no Paraná e divulgadas na Revista Cultivar, uma densidade ideal varia de 10 a 15 plantas por metro.

 

Além disso, o espaçamento, a fertilidade do solo, a adubação e a disponibilidade de água também são fatores que podem afetar o crescimento da planta.  Por isso, há uma média de espaçamento que pode variar de 30 a 60 cm.

 

Podemos observar que o feijão é um produto agrícola com boa demanda tanto no mercado nacional quanto no internacional.  O produtor que deseja obter bons lucros com a commodity  precisa preparar a propriedade e aplicar recursos que exploram o potencial produtivo da plantação.

 

Para não perder dicas e informações sobre o agronegócio brasileiro, acompanhe nosso blog e siga nossas redes sociais:  Facebook  e  Instagram.

 

Por Thais Rodrigues*

*Estagiária sob supervisão de Isabela Azi 

 

 

FONTES:

Aegro – https://blog.aegro.com.br/ 

Embrapa – http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/ 

Revista Cultivar – https://www.grupocultivar.com.br/home 

Canal Rural – https://www.canalrural.com.br/ 

Sociedade Nacional de Agricultura – https://www.sna.agr.br/ 

 

 

Mais Artigos

COMO AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS AFETAM A AGRICULTURA?

O clima é um dos fatores que contribuiu  para uma boa produção. Por isso, as condições climáticas, quando não são favoráveis, podem impactar negativamente na colheita. Saiba mais!   A agricultura é um setor em

COMO É ESTAR POR TRÁS DE UMA AÇÃO SOCIAL?

Meu nome é Rosebele Cardoso, trabalho na área de auditoria e desenvolvo também ações de marketing de eventos. Hoje, vou contar um pouco da experiência que tive em elaborar um grande projeto em nome do grupo.

Envie sua Mensagem

Cadastre para receber nossos conteúdos

CONTATO

Rodovia de Acesso a BR 354
KM 0,1
CEP: 38840-000
+55 (34) 3851-6000
contato@cerradocase.com.br

Avenida Bartolomeu de Paiva, 821
Bairro: São Benedito
CEP: 38950-000
+55 (34) 3631-3035
contato@cerradocase.com.br

Rodovia 251, 6300
Bairro: Chácara Recanto dos Araças
CEP: 39404-128
+55 (38) 3215-7173
contato@cerradocase.com.br

Rod. Br 262, Km 481,80
CEP: 35600-000
+55 (37) 3522-7575
contato@cerradocase.com.br