BLOG | CERRADO

NUTRIÇÃO DAS PLANTAS E FERTILIZAÇÃO: O QUE VOCÊ PRECISA SABER

nutrição das plantas

A nutrição das plantas e a fertilização são duas etapas importantes do manejo do solo, fundamentais para aumentar a produtividade e devolver a saúde da terra. Saiba mais!

 

Na propriedade rural, as atividades agrícolas acabam por impactar negativamente a terra e, por isso o manejo do solo é essencial para devolver a saúde e qualidade da área plantada. Dessa forma, antes de iniciar uma nova safra, o produtor rural precisa ficar atento e corrigir as possíveis carências para não afetem a produção.

 

A nutrição das plantas e a fertilização são dois métodos importantes, pois não beneficiam apenas o solo, restituindo as propriedades da terra, mas o cultivar também. Por isso, estudar sobre esses fatores é fundamental para entender quais nutrientes as plantas precisam, quais são acumulados e transportados, além das particularidades de cada um

 

Ter o conhecimento dessas funções é essencial para um bom manejo da terra e auxilia na produtividade da fazenda. Neste artigo, vamos abordar sobre os benefícios da nutrição, além dos principais nutrientes para o desenvolvimento da planta e cuidados em relação à fertilidade do solo. Venha conhecer!

 

Quais os benefícios da nutrição das plantas?

 

Na lavoura, o produtor rural busca aprimorar o desempenho da produção a cada safra, sempre visando a qualidade dos alimentos e o aperfeiçoamento das técnicas. Quem trabalha na agricultura já deve ter ouvido, e até aplicado, a nutrição das plantas na sua fazenda.

 

No Brasil, temos diversos tipos de solo, com características diferentes entre si e composições nutricionais distintas. Contudo, muitos nutrientes disponíveis no solo não são suficientes para a plantação, por isso a importância da nutrição balanceada.

 

 Os nutrientes são essenciais para o crescimento da plantação, garantindo que o cultivo chegue até a etapa de maturação sem perder a qualidade. Por isso, é importante assegurar que o solo tenha todos os componentes essenciais para a planta, bem como as quantidades exatas.

 

Na nutrição temos as categorias dos macronutrientes e dos micronutrientes.  O primeiro tipo é composto por todos os elementos indispensáveis para a planta, já o segundo categoria é constituído pelos nutrientes menos essenciais. No próximo tópico você conhecerá um pouco de cada nutriente e sua função na plantação. 

 

6 principais macronutrientes para a nutrição das plantas:

 

Os nutrientes são indispensáveis para o crescimento da planta e são absorvidos em quantidades específicas, de acordo com as particularidades do cultivar. A carência dos nutrientes pode acarretar sérios problemas na produção como baixo desenvolvimento, alterações metabólicas e outros, por isso, é preciso fazer  análises para saber as condições do solo antes de plantar.

 

Além disso, os nutrientes precisam passar pela mineralização antes de serem distribuído na área planta, já que as plantas não conseguem absorver os componentes em seu estado orgânico. Saiba mais sobre os macronutrientes:

  • Nitrogênio

O nitrogênio é um dos principais nutrientes exigidos pela maioria das plantas e está presente em todas as etapas de  crescimento do cultivar. Responsável pelo composto metabólico, o nitrogênio é essencial para o crescimento foliar. Sua carência pode causar clorose foliar, queda das folhas e redução do desenvolvimento da planta. 

  • Fósforo

O fósforo é um dos responsáveis pela produção de energia, pela respiração, pela divisão celular e demais processos metabólicos. Além disso, contribui  para a maturação acelerada das plantas e aumenta a frutificação. Sua carência pode resultar na necrose das folhas, redução do metabolismo e até a morte do cultivar. 

  • Potássio

Além do nitrogênio, o potássio também é um dos compostos químicos mais consumidos pelas plantas. O elemento é essencial para o amadurecimento, desenvolvimento do sistema radicular, formação de raízes e outras vantagens.

 

A carência deste nutriente é sentida nas zonas mais envelhecidas da planta e causa clorose na folha, baixo crescimento vegetal e outras consequências.

  • Enxofre

O enxofre é encontrado na composição das proteínas e é fundamental para o metabolismo energético das plantas, participando na formação de aminoácidos essenciais. Sua carência compromete o desenvolvimento do cultivo.

  • Magnésio

O magnésio é outro composto químico fundamental para o metabolismo energético das, exercendo um papel importante na clorofila.  É fundamental que o produtor rural monitore os índices de magnésio na planta para evitar que outros macronutrientes estejam em carência, já que o excesso do elemento pode atrapalhar a absorção  de  cálcio e potássio.

  • Cálcio

O cálcio é um componente fundamental da parede celular das plantas e auxilia em diversos processos, como a divisão celular e fortalecimento. Sua carência pode ser sentida nas regiões mais novas da planta e, em casos graves, pode levar a folha a morte. 

 

Para saber mais sobre os micronutrientes e suas funções para as plantas, acesse o artigo do Agrilink aqui.

 

Como aumentar a fertilidade do solo?

 

Quando falamos em fertilidade e nutrição pode até ser difícil associar esses métodos no primeiro momento, mas, quando percebemos que um solo fértil é composto também por uma disponibilidade de nutrientes ideal, podemos perceber que esses assuntos se complementam. 

 

Uma boa fertilidade do solo é um dos fatores que contribuem para a produtividade da propriedade rural. Por isso, trouxemos  3 boas práticas simples para aumentar a fertilidade da fazenda e, consequentemente, a nutrição das plantas:

  • Analise as necessidades da planta

Antes de aplicar qualquer fertilizante, é necessário avaliar quais as necessidades das plantas e quais nutrientes devem ser aplicados no solo. Cada cultura possui uma particularidade nutricional diferente e, por isso, fazer a análise é fundamental para dosar esses elementos.

  • Conheça bem o solo da propriedade

Conhecer melhor as características do solo é fundamental para aplicar métodos mais eficazes, já que cada tipo de solo demanda uma necessidade de manejo específica. Por isso, colete amostras e realize uma análise completa para saber quais medidas deve aplicar para ser mais assertivo.

 

Conheça mais sobre os diferentes métodos de análise do solo no artigo da Aegro, clique aqui.

  •  Aplique técnicas adequadas

Além de manter bons índices de nutrientes no solo, é importante aplicar técnicas  como a calagem e gessagem para corrigir a acidez e a saturação do solo.  Essas técnicas são importantes para manter o solo saudável e a disposição correta de compostos químicos. 

 

Para isso, realize a análise química do solo sempre que possível e corrija as anomalias o mais rápido possível para evitar danos às plantas.

 

Podemos perceber que o manejo do solo é importante para qualquer cultura, bem como a disponibilidade de nutrientes e a fertilidade do solo. Por isso, monitore e avalie a terra e as técnicas empregadas para medir o desempenho.

 

Para saber mais sobre o agronegócio, siga nossas redes sociais: InstagramFacebook e acompanhe o nosso blog para não perder dicas e notícias.

 

Estagiária Thais Rodrigues*

*Sob supervisão de Isabela Azi

 

FONTES:

Aegro – https://blog.aegro.com.br/ 

Agrolink – https://www.agrolink.com.br/

Agropro – http://blog.agropro.com.br/ 

 

Mais Artigos

COMO AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS AFETAM A AGRICULTURA?

O clima é um dos fatores que contribuiu  para uma boa produção. Por isso, as condições climáticas, quando não são favoráveis, podem impactar negativamente na colheita. Saiba mais!   A agricultura é um setor em

COMO É ESTAR POR TRÁS DE UMA AÇÃO SOCIAL?

Meu nome é Rosebele Cardoso, trabalho na área de auditoria e desenvolvo também ações de marketing de eventos. Hoje, vou contar um pouco da experiência que tive em elaborar um grande projeto em nome do grupo.

Envie sua Mensagem

Cadastre para receber nossos conteúdos

CONTATO

Rodovia de Acesso a BR 354
KM 0,1
CEP: 38840-000
+55 (34) 3851-6000
contato@cerradocase.com.br

Avenida Bartolomeu de Paiva, 821
Bairro: São Benedito
CEP: 38950-000
+55 (34) 3631-3035
contato@cerradocase.com.br

Rodovia 251, 6300
Bairro: Chácara Recanto dos Araças
CEP: 39404-128
+55 (38) 3215-7173
contato@cerradocase.com.br

Rod. Br 262, Km 481,80
CEP: 35600-000
+55 (37) 3522-7575
contato@cerradocase.com.br