BLOG | CERRADO

Palhada no solo: prática beneficia a conservação do solo?

A conservação do solo é uma preocupação que todo produtor rural precisa ter para uma atividade agrícola mais produtiva. Afinal, é o solo que proporciona os recursos vitais para a cultura. Por isso, práticas de conservação, como a palhada no solo, estão sendo empregadas como uma forma de manter suas características. E como isso é possível?

 

O solo é um recurso vital para a atividade agrícola. Sem ele, o cultivo não consegue se desenvolver de maneira saudável ou apresentar bons resultados. Isso é um conhecimento que todo produtor rural entende. Por isso, a sua conservação e manejo são primordiais para o rendimento da lavoura.

 

Sem um bom rendimento da safra, o produtor não consegue produzir alimentos de qualidade em grande escala para suprir as demandas. Por isso, práticas de conservação do solo são muito empregadas antes mesmo do início da cultura. Entre essas práticas está a conservação da palhada no solo.

 

A palhada no solo nada mais é do que a manutenção da matéria orgânica formada pelos restos culturais. Dessa forma, ao invés de retirar esses restos culturais, realizando o revolvimento do solo, eles são conservados, de forma a tentar aumentar a disponibilidade de matéria orgânica para a próxima cultura.

 

A conservação da palhada no solo é uma prática muito comum no plantio direto e possui diversos benefícios tanto para a cultura, quanto para o solo em si. E como essa técnica de manutenção da matéria orgânica pode contribuir para a conservação do solo?

 

Neste texto, você confere sobre a palhada no solo, seus benefícios, a importância da conservação do solo e como essa prática se integra a outros métodos para a manutenção das propriedades físicas, biológicas e químicas da terra.

 

Por que a manutenção da palhada no solo é importante para a sua conservação?

 

A manutenção da palhada no solo nada mais é que uma técnica que conserva os restos culturais na terra, sem precisar revolvê-la para o início de uma nova safra. Mas, você já se perguntou qual a importância de manter a palhada sobre o solo?

 

Uma atividade agrícola mais rentável também envolve o cuidado e manejo adequado do solo, que é a base fundamental para o desenvolvimento de qualquer cultura. Contudo, ao longo do tempo, é normal que o solo apresente certos desgastes, resultado de um processo de uso.

 

É por isso que a conservação do solo está ligada ao crescimento dos negócios rurais. Esses cuidados na manutenção das propriedades físicas, químicas e biológicas são fundamentais para o produtor rural produzir em volume e qualidade, colhendo os rendimentos do seu trabalho.

 

Por isso, quando o produtor faz a manutenção da palhada no solo, ele mantém a matéria orgânica, proveniente de galhos, folhas e raízes, os chamados restos culturais, que formam uma cobertura no solo.

 

Essa camada de matéria orgânica traz ganhos na fertilidade do solo, na produtividade da lavoura, sustentabilidade e permite menor impacto da atividade na flora, sem contar também que contribui para o equilíbrio do solo e das suas propriedades.

 

Com todos esses benefícios, o produtor rural tem um solo muito mais conservado e uma atividade agrícola duradoura, sem precisar investir muito na sua recuperação e qualidade.

 

4 benefícios da palhada no solo: para você entender de vez a sua importância

 

Das culturas com maior rentabilidade econômica às produções menores, a presença da palhada no solo traz benefícios para o cultivo, o solo, a atividade agrícola e também para o negócio rural. Quer saber como? Confira os benefícios da palhada no solo abaixo:

  • Realiza retenção da umidade

A água é um recurso vital para o desenvolvimento saudável da cultura. Com a atividade agrícola constante, é comum que nutrientes e a água do solo possam ser perdidos nesse processo. Mas como aumentar a retenção de umidade no solo?

 

A manutenção da palhada no solo contribui para a manutenção da água e evita também que essa substância evapore. Aumentando a matéria orgânica do solo, é possível aumentar também a retenção desses nutrientes e a capacidade de troca catiônica (CTC).

 

Isso acontece devido a uma lei da química, onde as cargas negativas, denominadas ânions, que são representadas pelas partículas orgânicas, conseguem atrair e reter as cargas positivas, denominadas cátions, representadas pelos óxidos e hidróxidos.

  • Contribui para a porosidade do solo

Quem possui experiência com a atividade agrícola sabe que as plantas conseguem se desenvolver melhor em solos que permitem o seu crescimento radicular e a porosidade do solo tem relação direta com isso. A porosidade é a quantidade de áreas abertas entre os grãos que formam o solo.

 

Assim, a água consegue permear este espaço e chegar até a planta. A presença de matéria orgânica no solo contribui principalmente para aumentar sua porosidade, justamente por ser um material poroso e que dificulta o arranjamento das partículas.

  • Promove técnicas mais sustentáveis

Não é de hoje que a sustentabilidade no campo é uma pauta que vem sendo debatida e aplicada ao agro como uma forma de continuar a atividade agrícola pensando em causar menor impacto à fauna e flora brasileiras. Por isso, técnicas mais sustentáveis, que promovem a recuperação e conservação de sistemas agroecológicos vêm sendo aplicadas.

 

A palhada no solo também pode ser aproveitada nesse contexto. Isso porque a própria fazenda pode realizar a destinação dos restos culturais de sua produção, beneficiando a ciclagem de nutrientes. Além disso, é uma porta de entrada para outros métodos de conservação do solo, como o plantio direto.

  • Mantém a temperatura ideal para a planta

Você sabia que as altas temperaturas podem causar perturbações ao ciclo de vida das culturas? Esse cenário acaba por causar estresse térmico na planta e, por isso, a temperatura do solo deve ser uma preocupação para o produtor rural.

 

Mas como manter o solo em uma temperatura que seja confortável para o cultivo? Através da palhada no solo, que é capaz de minimizar as altas temperaturas ao formar uma camada protetora que regula a temperatura do solo.

 

Nos horários mais quentes, os solos com palhada podem chegar a reduzir a temperatura em até 10ºC. O inverso também ocorre, nas horas mais frias do dia, a palhada atua retendo o calor residual.

 

A conservação do solo para o aperfeiçoamento da produtividade

 

No texto, você viu que cuidar da manutenção da palhada no solo é uma das técnicas essenciais para a conservação do solo, assim como o plantio direto e a rotação de culturas. Mas, você já se perguntou a ligação direta da conservação do solo para a produtividade?

 

O solo é a base para uma atividade agrícola mais saudável, com melhor desenvolvimento das culturas e, consequentemente, aumento da produtividade. Portanto, conservar o solo é uma forma de garantir que as propriedades físicas e químicas dele sejam compatíveis com as necessidades do cultivo.

 

Por exemplo, em um solo pobre em nutrientes, como as plantas podem se desenvolver sem recursos vitais que são os macro e micronutrientes? É por isso que as reparações no solo, como processos de fertilização, adubação e correção de pH começam a ser feitos antes da semeadura.

 

Além disso, o equilíbrio e a própria estrutura do solo dependem da sua conservação. É de conhecimento que a atividade agrícola acaba por mexer nessa estrutura e, dessa forma, precisa fazer o manejo do solo para que ele se torne apto a continuar produzindo.

 

Por isso, um produtor rural que possui um manejo adequado do solo contribui diretamente para a produtividade da sua lavoura, pois isso traz um retorno maior para a cultura e, consequentemente, para o negócio rural.

 

Quais outras práticas promovem a conservação do solo?

 

Com o avanço de estudos e da tecnologia, o produtor rural tem uma grande variedade de técnicas e ferramentas para a conservação do solo, indo muito além da manutenção da palhada. Na verdade, a palhada no solo é apenas uma porta de entrada.

 

O plantio direto, a rotação de culturas e o mínimo revolvimento do solo, por exemplo, são outras técnicas bem importantes e já consolidadas no agro que promovem também uma melhoria nas características do solo, bem como a sua conservação.

 

Essas técnicas inclusive evitam que o solo fique compactado e seja mais suscetível a erosão, além de promover a qualidade dos alimentos produzidos.

 

Conclusão

 

Uma atividade agrícola mais rentável e produtiva também passa pelo cuidado com o solo. Afinal, é dele que a planta retira os recursos vitais para o seu desenvolvimento saudável. Por isso, antes mesmo da semeadura, o produtor rural precisa saber manejá-lo corretamente.

 

Diante disso, práticas de conservação, como a manutenção da palhada no solo, além de contribuir para o equilíbrio das propriedades físicas, químicas e biológicas, ainda trazem retornos para o próprio cultivo.

 

No texto, você viu quais os benefícios da palhada no solo e como ela exerce papel fundamental para a conservação do solo e também para a produtividade do cultivo. Ao final, você conheceu outras técnicas que também podem ser empregadas como aliadas de uma atividade mais sustentável.

 

Quer ter acesso a conteúdos como este? Então acompanhe a Cerrado no Instagram, Facebook e YouTube. Por lá, apresentamos mais informações sobre máquinas agrícolas, tecnologia e inovação.

 

 

FONTES:

Agropós – https://agropos.com.br/

Syngenta – https://blog.syngentadigital.ag/

Cooperativa Comigo – https://comigo.coop.br/

Canal Online – https://www.canaonline.com.br/

Mais Artigos

Qual a previsão para o mercado do milho em 2024?

 As previsões para o mercado do milho desempenham um papel crucial na tomada de decisões dos produtores agrícolas. É preciso estar atento a notícias, informações e estudos para conseguir aproveitar oportunidades e ultrapassar desafios. Mas

Envie sua Mensagem

Cadastre para receber nossos conteúdos

CONTATO

Rodovia de Acesso a BR 354
KM 0,1
CEP: 38840-000
+55 (34) 3851-6000
contato@cerradocase.com.br

Avenida Bartolomeu de Paiva, 821
Bairro: São Benedito
CEP: 38950-000
+55 (34) 3631-3035
contato@cerradocase.com.br

Rodovia 251, 6300
Bairro: Chácara Recanto dos Araças
CEP: 39404-128
+55 (38) 3215-7173
contato@cerradocase.com.br

Rod. Br 262, Km 481,80
CEP: 35600-000
+55 (37) 3522-7575
contato@cerradocase.com.br