BLOG | CERRADO

Como aumentar o rendimento operacional da plantadeira de grãos?

Preparar bem a plantadeira de grãos antes da semeadura é também uma forma de garantir um plantio de alto rendimento e melhor produtividade ao final da safra. Dessa forma, ter uma rotina de cuidados com a máquina, realizar manutenções e também a regulagem correta faz toda a diferença nessa etapa. Veja, neste texto, como ter um melhor rendimento da plantadeira de grãos!

 

Na agricultura moderna, como conhecemos hoje, ter equipamentos e máquinas agrícolas não é mais um diferencial competitivo. É preciso saber trabalhar bem com esses equipamentos e obter o máximo rendimento operacional para conseguir aumentar o potencial produtivo do cultivo.

 

Na época de estabelecimento da lavoura, período que pode ditar qual será a produtividade e, consequentemente, a lucratividade com o cultivo, isso se torna essencial. Dessa forma, é importante manter uma rotina de cuidados e de regulagem da plantadeira de grãos.

 

Preparar adequadamente a plantadeira antes de entrar em campo é a base de um bom plantio. Afinal, se a semeadura não for realizada corretamente, é possível que outras etapas do cultivo sejam impactadas de forma negativa, comprometendo a performance da lavoura.

 

Esse processo de preparo da máquina, se torna ainda mais necessário em culturas de alta demanda, como a soja e o milho. Isso porque o baixo rendimento dessas máquinas compromete o volume colhido.

 

Neste artigo, você encontra informações essenciais sobre a importância da regulagem da plantadeira de grãos, o que observar nesse processo para não deixar nada de fora e como a manutenção afeta a performance do equipamento.

 

Por que apostar na manutenção da plantadeira de grãos?

 

Você já ouviu o ditado “é melhor prevenir do que remediar”? Podemos aplicá-lo também para a manutenção das máquinas agrícolas, especialmente em relação à plantadeira de grãos. Isso porque realizar manutenções apenas quando a máquina apresenta problemas pode custar caro.

 

A manutenção é uma preparação para o processo de produção, uma forma de garantir que as máquinas funcionem bem, evitando anomalias e paradas repentinas. Além disso, uma manutenção bem realizada passa por todos os sistemas e componentes do maquinário agrícola, garantindo o bom funcionamento do equipamento por completo.

 

Já pensou que a sua plantadeira de grãos pode não estar entregando todo rendimento no campo por falta de manutenções mais recorrentes e em períodos determinados? Pois é, isso é mais comum do que parece.

 

Além da queda no rendimento da máquina, o produtor pode ter ainda uma quebra de safra por conta desses eventos inesperados. No contexto da plantadeira de grãos, quando a máquina apresenta funcionamento fora do comum, isso pode representar uma semente que deixa de germinar.

 

Esses problemas trazem consequências diretas para o bolso do produtor, afinal, é uma venda perdida ao final do cultivo. Por isso, ter um Plano de Manutenção e seguir as recomendações do fabricante pode contribuir muito para a performance da máquina.

 

Contudo, apostar somente na manutenção também não é ideal. Afinal, cada cultura demanda condições de plantio distintas e isso reflete também nos tratos com a plantadeira de grãos, que precisa ser regulada para garantir as condições ideais de cultivo.

 

No próximo tópico, você confere sobre a importância de manter a sua máquina agrícola sempre regulada e os principais pontos para manter a sua plantadeira funcionando corretamente.

 

Por que manter a regulagem da plantadeira de grãos em dia?

Você já operou no campo sabendo que alguma peça da sua máquina está quebrada ou com algum sistema apresentando falhas? Além dos riscos, o rendimento da máquina nessas condições é baixíssimo, o que acaba não compensando os custos em executar a operação.

 

O mesmo ocorre com a falta de regulagem da plantadeira de grãos, principalmente quando consideramos a sua função. Essa máquina distribui as sementes por todo o terreno de maneira controlada e uniforme, realizando a cobertura correta das sementes e deixando o solo ao seu redor mais denso. Um trabalho essencial.

 

Contudo, pode não ser isso que acontece na prática. Muitas plantadeiras de grãos apresentam anomalias que comprometem o resultado final e podem representar uma perda de 15% na produtividade.

 

É por isso que a regulagem das máquinas agrícolas é tão necessária. Por meio dela, o produtor identifica essas anomalias e, principalmente, prepara a máquina para as condições de plantio.

 

A regulagem correta evita a ocorrência de baixa germinação, a germinação desuniforme, atrasos na semeadura e muitos outros problemas. Dessa forma, com os cuidados apropriados com a máquina, você consegue não apenas reverter essas situações, mas também aumentar a performance da sua plantadeira de grãos.

 

Mas como fazer isso adequadamente? No próximo tópico, você confere os principais pontos para uma regulagem mais eficiente.

 

Como manter o rendimento da plantadeira de grãos?

 

Investir em uma plantadeira de grãos ideal vai muito além de adquirir o equipamento do ano, está relacionado com os objetivos e necessidades do negócio rural, as demandas da fazenda e das culturas trabalhadas, ao conhecimento da equipe e a regulagem do equipamento.

 

O rendimento da plantadeira de grãos passa também por uma regulagem correta. Você confere agora, todos os pontos que devem ser conferidos ao fazer os ajustes nessa máquina agrícola:

  • Discos de cortes

Os discos de corte têm contato direto com o solo. Eles cortam a palhada para a entrada das sementes nos sulcos e. Por isso, esses instrumentos devem estar bem afiados e sem nenhum tipo de dano, principalmente em solos onde a concentração de palhada é maior.

 

Com os discos de corte afiados, você garante que o corte da palhada seja feito corretamente e, como consequência, o depósito da semente no solo.

  • Espaçamento e profundidade da semeadura

Outros dois pontos da semeadura que influenciam nos ajustes da plantadeira de grãos são a profundidade e o espaçamento. A profundidade do corte não pode ser nem tão profunda, por dificultar a emergência da planta, nem muito superficial.

 

O controle da profundidade é feito na mola que pressiona o disco de corte sobre o solo. No caso, ao apertar ou soltar, é possível obter uma menor ou maior profundidade.

 

Por sua vez, o espaçamento está ligado diretamente ao plantio uniforme. Afinal, a planta, para se desenvolver corretamente, precisa de espaço adequado. Além disso, quando a densidade de plantas por hectare é alta, a disputa por recursos também aumenta, o que afeta o crescimento.

 

Como cada cultura tem o seu espaçamento ideal, é importante checar isso antes do início do plantio, para fazer o ajuste de fileiras na máquina.

  • Seleção dos discos e anéis

As características da cultura também precisam ser analisadas quando for fazer a escolha dos discos e anéis da plantadeira de grãos. Os furos do disco devem se encaixar perfeitamente no tamanho da semente que será cultivada.

 

É preciso ter atenção para que as sementes não fiquem nem muito justas e nem maiores que o furo do disco. Após encontrar o disco ideal, é preciso selecionar o anel que ficará sob o disco.

 

Nesse caso, também é necessário conferir se a semente ficará muito exposta ou funda, o ideal é que a semente fique paralela à borda do conjunto.

  • Aplicação do adubo

É possível fazer a aplicação do adubo durante o plantio. Em um cenário como esse, para garantir uma distribuição uniforme do produto, é preciso checar se os componentes de aplicação estão limpos e sem nenhuma oxidação aparente.

 

Após a adubação, também é necessário realizar uma limpeza correta, para retirar todo o resquício do produto. Deixar acúmulo de produtos químicos é um grande erro, que pode trazer riscos para a segurança humana e também para a lavoura.

  • Lubrificação das peças

Outro erro comum na semeadura é não conferir se as peças estão bem lubrificadas, de acordo com o que é especificado no manual da máquina. A lubrificação adequada também garante boa performance da plantadeira de grãos.

 

Quando as peças não possuem uma lubrificação adequada, podem ocorrer danos à máquina, que poderiam ser facilmente evitados. Por isso, é sempre recomendado conferir os pontos de lubrificação e o intervalo entre uma lubrificação e outra no manual da máquina.

  • Calibragem dos pneus

Você já conferiu se os seus pneus estão bem calibrados? Por ser mais simples, muitas vezes a calibração pode passar despercebida. Contudo, a falta de calibragem correta dos pneus pode sim comprometer toda a operação.

 

Os pneus não podem estar murchos, mas também não devem estar cheios demais, pois a sua circunferência impacta diretamente na transmissão da máquina e, consequentemente, em toda a performance da plantadeira de grãos.

 

Viu como pontos corriqueiros do dia a dia podem passar despercebidos aos nossos olhos? Lembre-se que eles fazem diferença e podem estar dificultando o desempenho da sua plantadeira de grãos. Por isso, inspecione sempre toda a máquina, para realizar os ajustes necessários.

 

Conclusão

 

Neste artigo, você entendeu que a performance da plantadeira de grãos não está diretamente ligada a ter os equipamentos mais recentes na sua lavoura, mas a uma série de cuidados, que incluem manutenções em tempos estipulados, e a regulagem, de acordo com as características do cultivo.

 

Para alcançar os melhores resultados, é fundamental que o produtor rural siga uma rotina de cuidados e inspeções na máquina. Além disso, fazer a manutenção preventiva no tempo certo possibilita que a plantadeira de grãos esteja pronta para os trabalhos no campo.

 

A regulagem da plantadeira também é de extrema importância se você deseja plantar cada vez melhor e colher mais. Assim, atente-se aos pontos de lubrificação, ao disco de corte, espaçamento, profundidade, seleção de discos e anéis, aplicação do adubo e outras especificações.

 

Se você quer ter a sua máquina funcionando bem, entregando performance, com a segurança de uma operação bem sucedida, conte com o Plano de Manutenção da Cerrado!

 

Com ele, você tem acesso às principais manutenções necessárias para a sua máquina, com os profissionais certos e equipamentos de verificação que contribuem para identificar anomalias e corrigi-las. Cuidando bem da sua máquina agrícola, você está cuidando do seu patrimônio!

 

FONTES:

Sensix – https://blog.sensix.ag/

Climate Fieldview – https://blog.climatefieldview.com.br/

Agropós – https://agropos.com.br/

O Presente Rural – https://opresenterural.com.br/

Canal Rural –  https://www.canalrural.com.br/

Mais Artigos

Qual a previsão para o mercado do milho em 2024?

 As previsões para o mercado do milho desempenham um papel crucial na tomada de decisões dos produtores agrícolas. É preciso estar atento a notícias, informações e estudos para conseguir aproveitar oportunidades e ultrapassar desafios. Mas

Envie sua Mensagem

Cadastre para receber nossos conteúdos

CONTATO

Rodovia de Acesso a BR 354
KM 0,1
CEP: 38840-000
+55 (34) 3851-6000
contato@cerradocase.com.br

Avenida Bartolomeu de Paiva, 821
Bairro: São Benedito
CEP: 38950-000
+55 (34) 3631-3035
contato@cerradocase.com.br

Rodovia 251, 6300
Bairro: Chácara Recanto dos Araças
CEP: 39404-128
+55 (38) 3215-7173
contato@cerradocase.com.br

Rod. Br 262, Km 481,80
CEP: 35600-000
+55 (37) 3522-7575
contato@cerradocase.com.br